domingo, agosto 31, 2008

Primeiro de Setembro de 1923-2008


Amanhã estaremos de aniversário,
dia inesquecível para todos os avaianos,
o dia que a oitenta e cinco anos atrás,
alguns homens de bom gosto,
fundam o Avahy Foot-Ball Club.
Tudo que temos hoje,
toda essa paixão e glória,
deve ser comemorada com orgulho
por todos nós,
"filhas" e "filhos" desse homens que a oitenta
e cinco anos criaram o time da raça,
o time da Ilha formosa cheia de graça;
e o cobriram com as cores corretas,
azul e branca é nossa bandeira, nosso escudo,
nossa camisa, nossas praias, nosso oceano,
nosso céu, nosso sangue ilhéu.

O Avahy nasceu no primeiro dia de setembro,
no mês que nasce a primavera, estação feminina,
cheirosa e florida, estação das cores singulares,
do sol na medida certa, do clima agradável,
tudo na correta medida:
feminina força na doçura do bom gosto,
esse é nosso mês, esse é nosso Clube,
doce como uma mulher, linda flor,
sem medo da delicadeza,
agradável como o clima primaveril,
forte na força bem aplicada,
sem brutalidades, sem cobiças descabidas,
femea protetora dos seus,
sem ilegalidades,
sem calamidades,
sem furacões,
naturalmente primaveril.

Parabéns Avahy Foot-Ball Club,
mil beijos doces, cheirosos, gostosos como a primavera na ilha.
Ilha nossa casa.
Aqui somos felizes contigo eterno Avaí!

Odair o "Viking argentino"




Confesso que admiro os jogadores argentinos,
sempre com raça e vontade, disputam a bola sempre
querem ela o tempo todo em seus pés,
seus cabelos compridos nos lembram guerreiros
bárbaros, com uma guerra a cada esquina.
Odair me lembra os jogadores argentinos,
me lembra os vinkings lutando por suas terras,
ou ainda o incansável corredor que não para enquanto
não transpõe a linha de chegada.
Odair corre o jogo todo, disputa todas as bolas,
erra muitos passes, carrega as vezes muito a bola, mas
está alí, tu sabes que podes contar com ele,
que de repente ele vai aparecer, com sede de
bola, como se estivesse entrado em campo naquele momento,
que podes ver uma linda jogada, aquela que nos faz ir
aos estádios, acreditando que vamos vê-la e nem sempre
ela aparece, mas Odair é capaz de tudo,
porque ele não desiste nunca,
ele é um visionário, ele vê e sabe que o jogo
ainda não acabou e noventa minutos
não acabam com o Odair,
ele está ali,
vai aparecer,
vai fazer acontecer, vai lutar até um fim,
pois tem cabelos argentinos e a alma
de um bárbaro, acostumado a guerras.

Mcdomingo azul feliz


Acordar nesse domingo,
olhar pela janela e ter a certeza
de que moramos na ilha mais linda do mundo,
depois ao pouquinhos "ouvir" o coração,
sentir a alma tranquila,
e descobrir que esse domingo
é exatamente depois de um sábado,
e que sábado.
Ressacada linda, torcida cantando,
time massacrando no segundo tempo,
placar de 3 x 0,
segundo na tabela,
a seis pontos do quinto,
e a certeza de que o rumo é certo,
"meu rumo é certo, de peito aberto
em busca de um grande bem!"
Mcdomingo azul lanche feliz;
agora é só sair e pedir um Big Mac,
sem regime, sem pecado,
sem brocoli,
sem medo de ser feliz!

sábado, agosto 30, 2008

Cuidado com o "diabinho"


Lindo dia, a Ilha está deslumbrante,
que privilégio o nosso, poder viver aqui.
A noite nos encontraremos na bela ressacada,
com um só coração, um só desejo,
uma só cor.
O que nos importa é o jogo de hoje,
o ontem não tem que nos dizer nada,
somos donos do nosso nariz,
amadurecemos e nossa classificação
depende, pelo nosso desempenho,
só de nós mesmo,
sei que alguns "diabinhos" se valendo dos
microfones estarão dando enfase aos jogos
de ontem, não dê ouvidos.
Concentre-se no jogo de hoje, cada
dia merece o seu cuidado, e só
podemos atuar no dia de hoje,
o ontem não existe mais.
Mentalize nossos resultados,
nossa posição na tabela, que
a muitas rodadas permanece entre os quatro.
Time como o nosso, tem condições de
se manter em cima, portanto, nós torcedores
temos que acreditar ,
nosso pensamento positivo em
em campo, vai elevar e empurrar docemente,
nosso time pra cima da tabela.
Nós contamos com eles,
eles contam conosco,
cada um leve seu anjo da guarda,
ele saberá não dar ouvidos a "diabinhos".

sexta-feira, agosto 29, 2008

Concentração, a nossa e a Deles


A partir de agora, nossa concentração
junta-se a concentração dos nosso guerreiros,
peço então que pensem comigo sobre isso:
Nós, concentrados em pensamento e com a alma elevada
para vencermos o jogo de sábado,
mas estamos em nossas casas, com nossa família,
ou com nossos amigos, as vezes até sozinhos,
mas com liberdade para locomoção, podemos
ir e vir, mesmo que seja tão somente até a padaria;
mas e nossos guerreiros?
Eles estão concentrados literalmente,
tem somente uns aos outros,
deixaram suas famílias, suas casas, seus amores, seus amigos,
suas diversões e estão trabalhando nesse momento,
sim trabalhando, pois a concentração faz parte da vida
de todos que trabalham com esporte.
Estão num quarto de hotel,
esperando pelo sua próxima movimentação,
o jogo!
Quando eles entrarem em campo, não esqueçam disso,
cada um estará dando o melhor de si,
cada jogo requer que os companheiros, do mesmo lado,
superem seus individualismos e jogem uns com os outros,
uns e outros que agora estão sozinhos, longe de todos,
se preparando para defender nossas cores amanhã,
e nós, estaremos lá, torcendo muito,
olhando tudo, eles sabem disso.
Ser jogador de futebol não é facil,
sempre que existe uma falha, um deslize,
milhões de olhos estão alí, em cima deles
e veêm a falha, mas nós meros torcedores,
quandas vezes erramos num jogo?
As vezes mal acabamos de dar uma xingada
(ninguém ouviu, ninguém viu)
e esse mesmo jogador que num erro provoca nossa "ira",
faz uma jogada e a bola entra.
Nada disso vai mudar, faz parte do jogo,
erros deles xingamentos nossos,
a paixão do futebol,
eles sabem e gostam disso,
a torcida é a motivação maior,
a amada que faz cada um deles,
superarem o isolamento,
e lá, onde estão agora,
já visualizam o campo cheio,
esperando por eles.
Eu estarei lá, sou uma amante fiel,
se eu xingar...
depois grito um gooooool,
leão, eoh, leão eoh...

Um por todos, todos por Um


Tenho usado em minhas postagens, muito a palavra "batalha",

quando me refiro aos jogos que ainda temos pela frente,

porque o campeonato é mesmo uma "guerra",

guerra sádia pois se trata de esporte,

mas o esporte nos ensina muitas coisas,

e uma delas é a capacidade que temos de nos unir

por um mesmo ideal, por uma só conquista.

Tenho sentido isso no grupo atual do Avaí,

é fácil constatar que todos os nossos "guerreiros"

estão juntos, unidos em campo,

e seguem o comando do nosso técnico,

que com sua capacidade e sua simplicidade,

conseguiu formar essa identidade do grupo avaiano.

Quando se é um grupo unido,

quando se quer a mesma coisa,

quando se sabe que ao lado está um igual,

um outro que está lutando conosco e não

tentando vencer sozinho,

damos nossa vida uns pelos outros,

o verdadeiro héroi, em todos os sentidos e situações,

é aquele que abriu mão de si mesmo pelos outros.

Assim como essa estória que li e passo para todos vocês:


Campo de Batalha
"Meu amigo não voltou do campo de batalha, senhor, solicito permissão para ir a busca-lo" - disse um soldado ao seu tenente.
- "Permissão negada". - replicou o oficial - "Não quero que arrisque a sua vida por um homem que provavelmente esta morto".
O soldado, ignorando a proibição, saiu, e uma hora mais tarde regressou, mortalmente ferido, transportando o cadáver de seu amigo.
O oficial estava furioso:
- "Já tinha te dito que ele estava morto!!! ! Agora eu perdi dois homens"!
Diga-me:
- "Valeu a pena ir lá para trazer um cadáver"?
E o soldado, moribundo, respondeu:
- "Claro que sim, senhor! Quando o encontrei, ele ainda estava vivo e pode me dizer":
- "Tinha certeza que você viria"!

Concentração Já!


Hoje é o dia de começar nossa concentração,
desde já convoco todos os nossos para
aquele pensamento positivo,
aquela união azul,
impressindível para que todo
o universo comece, novamente,
a conspirar a nossa favor.
Nosso time merece nosso crédito,
nossa participação e nossa ida até
a ressacada nesse sábado.
Quem compareceu nos últimos jogos,
pode fazer parte da história do futebol,
pode ver jogadas incríveis,
gols mágicos, vitória da raça,
do time que está em comunhão
com seu comandante, de um time
que está em harmonia, porque vem
congregado a todos nós.
Para se ganhar no futebol, a chave mestra
é a união de seus jogadores,
e esses jogadores unidos acreditarem na
proposta do técnico que os comanda,
tem sido assim, tem dado muito certo.
Já escrevi em outra postagem,
pegue seu "chapéu" e vá para ressacada,
ainda falta ver um gol olímpico,
que tal Marquinhos?
Fica o pedido.

quinta-feira, agosto 28, 2008

Esquemas táticos

Histórias do futebol sempre me apaixonam,
adoro ler sobre os acontecimentos que foram moldando
o que o futebol é hoje, tanto em campo como fora dele,
se conhecermos um pouco dessa história,
ficaremos até sabendo sobre as mudanças táticas que
vem sofrendo esse jogo,
e num papo informal, as mulheres que me leêm,
podem até parecer especialistas, impressionando
os rapazes da mesa do buteco.
Decore essa e impressione os "meninos":
A viagem é da ousadia ao medo, em se tratando de
esquema tático, conta a história do futebol no século XX,
(atenção, esquema tático é o modo como o treinador
possisiona seus jogadores em campo, ou seja quantos estarão
na defesa, no meio campo e no ataque, se com laterais ou alas essas coisas, muito atenção agora, goleiro é sempre um só-risos! pra cada lado claro)
vejam o transito dos esquemas em números:
2-3-5 para 5-4-1, passando pelo 4-3-3 e o 4-4-2.
(atençao: primeiro número corresponde aos jogadores de defesa, segundo número aos jogadores que estarão compondo o meio de campo e por último número de jogadores que ficarão no ataque).
Fácil ver como fomos abrindo mão dos atacantes, como hoje futebol é marcação e muita defesa, pontas? Credo que saudade deles!
Vivendo e aprendendo, sempre é bom, saber um pouquinho
das coisas que muita gente gosta.

Colaborou nessa informação: Eduardo Galeano, claro o livro que estou lendo.

Pegue seu chapéu


Estou lendo o Livro de Eduardo Galeano - "Futebol ao sol e à sombra",
jornalista uruguaio apaixonando pelo futebol.
No início do livro o capítulo - Confissão do autor, ele escreve:
"Os anos se passaram, e com o tempo acabei assumindo minha identidade:
não passo de um mendigo do bom futebol. Ando pelo mundo de chapéu na
mão, e nos estádios suplico: - Uma linda jogada, pelo amor de Deus!"

Na hora que li a frase pensei:
- quem ama futebol se identifica muito com esse "mendigo",
quem de nós quando entra num estádio não fica sempre esperando por uma jogada
de craque, por uma defesa fantástica, por um lindo gol de bicicleta, de goleiro.
Nós privilégiados frequentadores da bela ressacada
dos últimos jogos, pudemos ver o"mendigo" que há em todos nós ser saciado, sua suplica atendida.
Sábado estaremos lá, levando esse "chapéu" do Galeano em nossas mãos, implorando
por lindas jogadas, suplicando quando o jogo estiver perto do fim, tão somente por um gol
a nosso favor, pode ser até de nariz,
porque no fim sobra mesmo é o torcedor,
mendigando por migalhas.
Como nos ensinam os gregos sobre o nascimento do amor:
o encontro de um lindo Deus com uma Deusa que come restos,
sendo assim, o filho desse dois deuses tão diferentes, vem ao
mundo com nome de Eros, Cúpido para os romanos:
fruto de tudo que é belo, mas na angústia e na dor, capaz de
mendigar, de comer os restos para ter o ser amado.
Galeano é um intelectual amante do futebol,
nós somos meros torcedores azuis,
sábado com chapéu na mão e com a força
paradoxal dos que amam,
faremos bela a ressacada,
mas comeremos os restos nos segundos finais do jogo,
implorando um gol nosso.
Quem sabe que deuses se farão presentes neste sábado,
o belo deus que logo nos presentiara com lindas jogadas
ou a insaciável deusa, nos fazendo esperar pelos restos.
Vale a pena pegar seu chapéu e ir até a ressacada,
tem jogo!

Avaí no mundo

Ainda pouco recebi um telefonema de uma grande amiga
paulista, ela queria falar sobre o gol do nosso goleiro,
me disse que em São Paulo foi muito comentado
e que já transformou vários paulistas em simpatizante
do nosso Avaí.
Que repercusão, minha sobrinha me contou que um amigo
ligou de Denver-EUA, torcedor do Tricolor paulista
e o cara só queria falar no gol visto por ele lá na terra do Tio Sam,
agora nossa também, esse Avaí fax max que coza, fax magia!
Roland Garros-Paris, Denver, São Paulo todos avaianos por pura simpatia,
cá entre nós, tem time mais simpático do que o nosso?
E olha que nossas aparições na mídia são de graça, não tem jogada de marketeiro não,
sem gorjeta, é pura arte da magia do futebol,
aquele futebol jogado em campo não fora dele.
Tá mesmo irritando esse Avaí, não tá ?!

quarta-feira, agosto 27, 2008

Parabéns Silas, nosso comandante!


O que nós avaianos podemos desejar

para o homem Sílas que hoje aniversaria?

Podemos pedir a Deus que seja complacente

e o mantenha morando nessa linda ilha tropical,

que sua família esteja sempre ao seu lado,

que sua saúde seja a prova de vento sul

e que seu time seja o da paixão do Ilhéu,

azul como o nosso céu e mar.

Felicidades sempre!


Ao técnico Silas, um recado:

"O técnico acredita que futebol é uma ciência e o campo

um laboratório, mas os dirigentes e a torcida

não apenas exigem a genialidade de Einstein e a

sutileza de Freud, mas também

a capacidade milagrosa de

Nossa Senhora de Lourdes e a paciencia de Gandhi." (Eduardo Galeano)

"Tamu" irritando !

Recebi um recado no meu Orkut depois do jogo de ontem,
da amiga secadora Fátima, dizia assim:

"Olha esse Avaí tá irritante, tá levando bastante sorte tbém né?
Só pega time manco!"

Respondi:
- Tá irritante mesmo, que loucura hein!
Raça, garra, determinação e sorte,
coisa mais irritante né?

Agora cá entre nós,
um segredinho:
que delícia irritar os brocolenses,
isso não tem preço,
a turma do lado de lá da ponte
tá irritatíssima,
chego as vezes a ouvir o ranger de dentes
no continente.
e eu adorando tudo isso!

Obs. não falei nada sobre jogar contra "time manco" porque
não quis partir para ofensas,
tenho visto sim um time manco mas joga por descuido na 'A',
aquelezinho, pseudo-tricolor com um brocoli no escudo,
sabem né!

Eramos muitas

Confesso que ontem cheguei a pensar que a nossa bola não entraria,
que desasossego, na sala bebericando um geladinha, pareciamos muitas,
porque enquanto dura a partida, nós torcedores parecemos muitos, milhões, quando
muitas vezes somos somente 5 sentadas na frente da telinha.
Mas havia uma entre nós, crédula sempre,
apostando que eles, os nossos homens de azul, fariam sim um gol e
nos ofertariam como prova de ABC.
Assim cheia de graça e cachaça, estava minha amiga Jamile,
bebeu e acreditou até o fim e foi embora dormir feliz,
afinal tinha recebido Amor, Beijo, Carinho num gol aos 41 minutos
do segundo tempo dos nossos incansáveis
guerreiros avaianos.
Empatamos, igual nos divertimos!

terça-feira, agosto 26, 2008

Defesa eu, ataque Edison


Édison disse...
Kátia, pra não cansares muito, vamos combinar uma coisa, tu ficas na defesa, eu vou pro ataque, assim, a concentração é maior. Rsrs..Tô sempre aqui, lendo esse doce blog.Édison
26 de Agosto de 2008 11:49

Kátia De Paula disse...
Eu topo, como filha de goleiro me sinto melhor na defesa, combinadíssimo!Saudações azurras querido Edison.
26 de Agosto de 2008 13:45


Eu recebi esse comentario do querido amigo Edison,

bom, acabou o jogo,

eu estava responsável pela defesa,

fui péssima fiz um gol contra,

mas o Edison arrasou,

aos 41 do segundo tempo,

pelo pés do Evando empatou o jogou.

Valeu Edison, as leõas da defesa agradecem,

afinal, eu e minha amigas estavamos todas aqui em casa,

jogando na defesa,

puts, que fiasco!

Leoas unidas

Já convidei minhas amigas para assitirem o jogo, hoje a noite,
continuo testando os pézinhos delas, quero ver se são 'pé-quente' mesmo.
Jamile, sempre que vai na ressacada acerta até o placar;
Margareth, torce como nínguém e empurra o leão pra cima dos adversários;
Larissa, estreio no último jogo, vocês sabem o que aconteceu na partida;
Chaeene é nossa mascote, descobriu o Avaí esse ano, claro entrou pra nossa turma, e não somos nada democráticas, avaiana ou fora! (risos!);
bem, se elas não levarem nenhum bicão ou bicona, seremos nós na frente da telinha,
berrando muito, falando todas aos mesmo tempo
(excluindo a Chaee que é super quietinha e fica muito nervosa),
e é claro, tomando uma cervejinha, porque na tranquilidade do lar
poodeeee!!!!
Pra cima deles leão, que as leõas estarão a postos,
"ganhamos, perdemos, igual nos divertimos".

Hoje a noite

Nação azul, hoje é noite de batalha,
nossos guerreiros querem vencer três letrinhas,
é nós queremos que eles nos tragam essas três letrinhas como prova
de Amor , Beijo e Carinho - ABC, afinal elas valem 3 pontinhos.
Brincadeirinha!
(mas que pode virar coisa séria né!)
Nação: concentração, pensamento positivo,
fé na possibilidade de que subiremos mais um degrau,
de que venceremos mais uma batalha dessa guerra.
Rádio ligado, TV ligada pra quem tem PPV, pode ir no boteco do lado assistir,
vale tudo, até uma visitinha na casa de uma amigo "secador" que tem PPV,
vale o sacrifício.
Eu já to ligada a eles, a todos os que irão vestir nossa camisa a noite,
ligada a eles defenderei junto, atacarei junto.

segunda-feira, agosto 25, 2008

Rede Azul


Tenho percebido tantos sinais,
Tantos “movimentos” sobrenaturais,
Tantas jogadas inexplicáveis.
E como não sou tansa,
Estou na “esteira”, indo junto com
essa massa crédula e feliz,
Bem aventurados avaianos:
“porque essa vida, só se dá pra quem se deu,
Pra quem amou, pra quem chorou, pra quem sofreu ...
Quem nunca viveu uma paixão, nunca vai ter nada não.
Abre teus braços meu irmão...
Pra que somar se a gente pode dividir.”

Tenho feito isso, dividido com vocês
todos, os meus sentimentos da paixão por esse Clube
singular, inimitável e único, o Avaí!
Esse espaço já me fez conhecer novos amigos avaianos,
que dividem comigo esse amor pelo futebol,
que dividem comigo suas opiniões e criticas,
que dividem comigo todos esses blogs lindos que surgem
todos os dias na rede azul da internet.
Se o mundo sempre foi azul, agora o mundo virtual também é!

Do amigo Fábio Machado


Postei sobre o gol do Evando de bicicleta e disse que havia pedido um "ajudinha" sobrenatural para o meu querido Tullo, não pedi para o Matagato porque estavamos precisando era de um gol e meu pai foi goleiro, olha que e.mail carinhoso recebi do amigo blogueiro Fábio Machado:


Kátia,

No jogo contra o Corinthians você poupou o seu pai, e pediu ajuda ao Tullo para ajudar o Evando a fazer o gol de bicicleta.

Seu pai ficou com ciúmes, e, advinha quem ajudou o Eduardo Martini a fazer aquele gol contra o Paraná ?????

Bjs

Fabio Machado

http://www.fabioluizmachado.blogspot.com/

N.T: pois é Fábio em todos os jogos que vou na ressacada, lembro sempre do meu Pai, nós dois saimos abraços do campo, ele com seu braço amoroso em volta do meu corpo, com vitória ou derrota, me fazendo a pessoa mais feliz do mundo pela sua presença.
Hoje, sou uma mulher feliz e realizada por ter tido o privilégio de ter ao meu lado um homem incrivel, que só me ensinou os verdadeiros valores, um homem simples que viveu sempre de bem com a vida.
Um verdadeiro coração azul!
Meu anjo, que está ao meu lado com seu braço em volta do meu corpo,
continuo sendo abraçada.
Beijos pra ti e obrigada pelo carinho.
Foto: eu, meu pai, minha mãe e meu irmão.

Filminho da reação no gol do Martini

Incrivel essas novas tecnologias,
não se perde nada,
recebi agora o filme que a minha amiga fez
durante o jogo de sexta, ela postou no Youtube,
e eu coloquei ai ao lado pra quem quiser ver.
Maravilhoso poder guardar minha reação depois
do gol do Martini,
eu tinha falando quando ele pegou a bola:
- sai direitinho Martini!
Como eu iria imaginar que o cara não só iria
sair "direitinho", mas que essa saida de bola se tranformaria num
lindo gol?
Já tivemos o "Sobrenatural Evando de Almeida" com sua bicicleta,
agora o "Sobrenatural Martini de Almeida" nos presenteia com esse golaço,
e eu tenho como guardar minha reação e dos amigos que estavam comigo
no jogo, pra sempre!
É impossível hoje em dia passar despercebido qualquer lance, qualquer reação,
qualquer deslize, qualquer beleza, qualquer besteira, credo! ta tudo filmado.
Ao finalizar o ano de 2008, teremos material suficiente que transformaremos em
mais um capítulo da nossa história.
Vamu, vamu, Avaí!
Vamos subir Leão!

Anjo Loiro da Ressacada

No jogo de sexta com gol histórico,
o vento sul não derrubou somente o goleiro do Paraná,
me derrubou numa gripe incrível,
passei o sábado e o domingo de "molho",
mas feliz não mal disse o bem vindo vento que
conspira sempre a nosso favor.
Fiquei, mesmo estando muito gripada, extasiada por muitas horas por ter sido
uma testemunha ocular desse feito incrível, poder ter visualizado
aquela bola atravessando o campo inteiro.
Foi como ver o sobro divino balançando as asas de um anjo,
um anjo loiro, que esqueci de agradecer
por puro extase e gripe.
Marquinhos e os 100 jogos com a camisa do Avaí.


Ver em campo um jogador vestindo a camisa 100, fazer um gol de pura
magia , um desvio conspirador levou a bola para o gol
- "efeito procurante", diria um querido amigo Sr. Aldo Schenkel.
Ver em campo um homem que luta até o fim, defendendo nossas cores;
ver em campo um menino avaiano que não desiste nunca;
ver em campo tudo isso, é estar sendo premiada com a beleza
que o futebol nos proporciona, arte pura que sai de seus pés.
Anjo loiro da ressacada, tu não nos abandonasse,
e isso não tem preço.
Tem benção, Deus te abençõe!

Como prova de ABC




Nossos guerreiros fizeram longa viagem
já estão a postos para mais uma batalha,
essa é bem distante.
Cá ficamos nós, meros torcedores azuis,
mas cabe muito a nós,
devemos nos concentrar em dobro,
mandar energia e pensamento positivo
desde já, para que ao início da partida,
todo o universo esteja, novamente, conspirando a nosso favor.
Afinal, ele o universo, está nos dando retornos visíveis de sua simpatia pelo azul.
Aqui ele nós presentiou com um vento sul certeiro, vento sul mané sobrando
na hora certo e no lugar certo.
Pra ele não tem distancia, ele poderá atuar lá por nós tranquilamente,
não se sabe como, só podemos emanenar nossa energia e acreditar.
Junto com ele, estão nossos guerreiros, que lutam com vontade e determinação,
técnica e garra a cada jogo, juntos atuando e permitindo essa conspiração astral positiva seja real.
Já estou concentrada e no final espero, como avaiana,
receber uma vitória como prova de "ABC".
Lembram, aquelas quermerses, barraquinhas com alto falante onde os rapazes dedicavam músicas para suas amadas, como prova de ABC?

domingo, agosto 24, 2008

Picada pela mosca azul



Segue abaixo, texto postado no Blog da minha amiga Larissa (foto), que esteve na ressacada pela primeira vez e além de ter sido picada pela mosca azul, ainda viu um gol de goleiro:



Agosto 24, 2008
Futebol é coisa de mulher!
Arquivado em: Notícias — Larissa Poeta @ 1:15 am
Pra quem ainda pensa que futebol é coisa de homem… tá triangularmente enganado.
Sexta-feira eu fui convidada para ir ao Estádio da Ressacada, pela amiga KK De Paula e, valha-me Deus!
A moça sabe tudo de futebol. Tem camarote no estádio, tem um blog chiquérrimo, onde comenta sobre futebol e, mais especificamente, sobre o Avaí que é seu time. A moça é até conselheira! Achei o máximo tantas informações e fui averiguar de perto essa vivência.
Eu ali, só sabendo que o time que eu torcia era o azulzinho, ouvia ela comentando todo o jogo antes mesmo do juiz ou bandeirinha sinalizarem as ocorrências. De vez em quando ela dizia bem alto: “Tá impedido!”… em seguida o moço de amarelo (o juiz) apitava lá no gramado, concordando com ela. Os outros comentários eu já esqueci porque não sei os nomes dos acontecimentos futebolísticos hehe
Mas sei dizer que foi uma experiência e tanto. Divertida, instrutiva e evolutiva.
Mulheres arrasando em mais uma vertente do mundo.
KK De Paula… você manda muito bem!

Tapa com luva de pelica


Quero dizer um pouquinho mais sobre esse gol
histórico que pude ver na ressacada.
Meu pai foi goleiro, vocês sabem,
e portanto é uma posição que eu respeito demais
e sei que fica exatamente ali, naquela posição,
o último guerreiro, aquele que se derrotado coloca
em risco toda a batalha, portanto, estamos sempre
esperando desse homem a perfeição, esse não pode falhar.
Analisamos detalhadamente seus movimentos,
ele é nosso guardião, nossa última esperança e
quando nosso que ele não seja transposto pela redonda,
quando dos adversários que falhe a cada chute a gol.
Mas estou escrevendo isso para fazer uma confissão:
sempre critiquei, com doçura claro, a reposição de bola
do nosso goleiro.
Puts! que tapa com luva de pelica ele me deu,
quando sua reposição foi parar no gol adversário.
Martini, meu adorável goleiro, que bom que usas luvas,
porque não se bate em mulher nem com uma flor
e nenhuma mulher, nenhuma, gosta de apanhar,
mas já que estou me confessando,
amei esse tapinha amoroso que tu me desses,
nem doeu!

sábado, agosto 23, 2008

Terço e torço


Enquanto na ressacada acontecia um gol de goleiro,
em casa, a Tia Otília rezava o terço.
Não torço nem um terço, se comparada com
a força da Tia,
sempre ligada no radinho de pilha.
"Um olho no padre, outro na missa",
um ouvido no jogo, outro na oração.

"Tem mais coisas entre o céu e a terra,
que sua vã filosofia possa imaginar."
É verdade, ainda mais se tratando de Avaí,
mas não poderia ser diferente, afinal
moramos na ilha dos casos e ocasos raros,
certo!?

Avaianas amam os avaianos


Minha amiga Larissa
ontem estreio como torcedora que vai a campo,
e já viu um gol de goleiro,
não acreditou, correu para buscar a máquina
que estava em sua bolsa,
como a acreditar que teriamos um replay
e ela poderia filmar o gol singular.
Assim é nosso time,
brinda com jogadas incríveis as lindas mulheres
que se perfumam e se arrumam para assistí-los,
sabem como bons amantes, agradar suas amadas,
nós avaianas, entoamos então nossos gritinhos agudos,
e nós apaixonamos cada dia mais,
e vamos transformando essa relação num caso de amor eterno.
Vamos nossos meninos moleques, vamos numa aliança fiel
buscar nossas conquistas, juntos como requer o amor.
Um beijo a todas as avaianas que estão comigo,
amando nossos guerreiros azuis.
Bem, para eles, nossos amores...
ficamos assim a olhá-los pois amamos de longe,
platonicamente imaginando como será o dia
que poderemos tão somente abraça-los, roçando em suas camisas suadas
e gritando agudamente,
valeu meninos, sigam em frente com suas escolhidas
mas nunca esqueçam de nós,
avaianas fieis.

A ventania e o goleiro


E a noite de ontem?
Eu quase não fui ao jogo, ainda não havia perdido
um jogo do Avaí,
mas estava com uma sinusite horrivel,
vento sul, frio, imagina na ressacada.
Mas fui !
Que delícia que eu fui,
o vento sul que me maltratava,
me deixando ainda mais com cor de cabeça,
e muitas dores no rosto,
esse mesmo vento sul,
sobrou nos pés do Martini
como uma mulher apaixonada que se ajoelha
ao pés do amado,
sobrou com fúria os pés do nosso goleiro,
como a lhe dizer: tu podes, tu consegues eu te ajudo,
ele ouviu o sobro da amada furiosa e acreditou,
e os dois juntos, ventania furiosa e chute certeiro,
levaram a bola em trajetória correta,
até a meta adversária.
Quem foi viu,
eu fui eu vi o gol do nosso goleiro,
e vi o ato carnal entre a ventania e seus pés.
Que prazer!
Quem foi viu,
eu fui eu vi!

sexta-feira, agosto 22, 2008

Dia de jogo


Friozinho, vento sul soprando, um dia típico

do inverno ilhéu,

a noite ressacada balançando,

é claro que vamos todos,

empurrar o Leão em mais uma batalha.

A torcida tem sido muito importante para

a nossa boa campanha,

manezinho que é manezinho,

não tem medo de vento,

dá até pra tomar um quentãozinho

antes de entrar no estádio.

Jogo importante, como todos daqui pra frente,

não se vence jogo na vespera,

portanto, concentração total,

pés no chão e muita raça.

Vamos todos ajudar o vento sul

a balançar a ressacada.

Não vamos passar frio,

nosso manto azul vai nos aquecer.

quinta-feira, agosto 21, 2008

Aos candidatos a Prefeito

O nosso super Blog Elite Azul e Branca
lançou a questão sobre a duplicação da via expressa,
até o estádio da ressacada, para os candidatos a
Prefeitura de Florianópolis.
Excelente questão pois sabemos dos transtornam
que causam a todos os que se dirigem ao sul da Ilha,
tanto para o Aeroporto, como nos dias de jogo do Leão.
Essa incompetência governamental tem que ser cobrada
e muito cobrada por nós contribuintes e podemos fazer
isso, na hora do voto.
O candidato a prefeito Esperidião Amim, já respondeu e
espero que os outros também manifestem sua opinião
sobre esse assunto.
É inacreditável que aquela via não tenha sido concluida,
será que a causa é que no mangue da reta que dá para o Estádio
mora uma família de carangueijos que a Fatma não deixa desalojar????

A mulher e o dicionário do Avó

Sabe aquele dicionário que você tem um carinho especial por ele?
Aquele dicionário que você quase que sente que ele é um ente querido, até porque, ele era do seu avô?!
Então… eu na minha rotineira mania de ler dicionários… puxei o amoroso, e bem guardado, ’livro sagrado das palavras’ da estante e abri na palavra ‘Mulher’.




Então essa é a definição da palavra ‘mulher’?? Quando li isso tive a sensação de que estava lendo aquelas brincadeiras nonsense que a gente recebe por e-mail e que, alías, desde o final dos anos 80, eu nem abro mais e-mails em massa, de piadinhas ou os cansativos pps.
Tô bege!
Há de se ter cuidado com o que colocamos em lugares especiais de nossa vida!
Nota: Pois é, tinha acabado de escrever sobre o futebol feminino, quando uma amiga me mandou um recado para ler o seu Blog, ficou imposível não publicar esse texto da Larissa.


Mulheres do Brasil

Eu sou contra a realização dessas olimpíadas na China,
em postagem anterior expliquei porque,
não aceito a invasão chinese no Tibet.
Mas não posso deixar de postar sobre o futebol feminino
que disputou e perdeu a medalha de ouro para o time americano.
Ficamos com a prata porque ainda não temos maturidade nas jogadoras e no comando técnico,
ficamos com a prata porque não há incentivo do governo para o futebol feminino,
ficamos com a prata numa luta solitária e patriotica de todas as mulheres
que jogam bola nesse país do futebol masculino,
ficamos com a prata, linda medalha que deve ser exibida com orgulho
por aquelas que lá estão, como corrente de ouro que cobre o colo das mulheres.

Mulheres da seleção do Brasil, desnudam seus colos e mostrem com orgulho
esse conquista só de vocês,
sem vaidades, sem milhões no bolso, sem blim, blim durante todo o ano,
sem estrelismos,
mas com garra, força, luta e determinação até o último segundo.
Amor a camisa amarela, pendurem a medalha mulheres do Brasil!

Nota: li em foruns de alguns sites, brasileiros sim brasileiros homens, reclamando da Marta, chamando a nossa craque de "fominha", fominha é a CBF que não investe seu dinheiro no futebol feminino.
Para esse críticos, gostaria de dizer: vão torcer pela seleçinha do Dunga.

Coxa


Poxa que coxa!
Adoro coxinha de galinha, ainda mais quando vem em porção de 3
bem servida e quentinha,
Também gosto de uma linda coxa,
as do goleiros Leão são inesquecíveis e as imbatíveis
são as do Renato Gaúcho, linda Coxa!

quarta-feira, agosto 20, 2008

Atacar, vamos atacar

Contratamos mais um atacante,
Wiliam está na ressacada, seja bem vindo
e boa sorte.
Num campeonato logo sempre é bom repor rapidamente
peças que estão faltando..
Rafael Costa começou a marcar e isso é excelente,
quem sabe pode se firmar e crescer dentro da competição,
se tiver futebol pra isso, com certeza o Silas vai fazer acontecer.
Abuda é um ótimo atacante mas não volta já,
Evando entrou como uma luva no time, tem estrela azul no coração.
Li algumas noticias pipocando em sites sobre um interesse do Avaí
no retorno do lateral Luizinho Neto, nada concreto, o Avaí não
confirmou esse interesse.
Mas o importante é que nossa diretoria está tendo competencia e
formou esse ano uma equipe competitiva, que disputa com força
uma vaga na 'A'.
Eu acredito!

terça-feira, agosto 19, 2008

Os nossos blogs azuis


Impressionante o número de blog avaianos com boa qualidade,
realmente nossa torcida está acima da média.
É só visitar esses que coloquei nos Blogs Azuis e apreciar
postagens super legais falando do nosso time, cada um
com sua singularidade, mas todos apaixonados pelo Leão da Ilha.
Gosto de conhecer pessoas e seus conceitos,
os blogs me proporcionam isso.
Comecei conhecendo o do nosso querido amigo, Tullo Cavallazzi e adorei,
o Tullo me incentivou a criar e prosseguir com o meu.
Depois, através do Elite Azul e Branca fui conhecendo outros e daí
pra frente, estou vendo vários blogs azuis sendo criados todos os dias.
Que coisa boa, essa comunicação que acessamos com um clique e
que nos aproxima uns dos outros de uma maneira muito positiva,
a escrita, as letras são mesmo possíveis de tudo.
Parabéns a todos os blogista que incentivam e divulgam o nome
do nosso querido Avaí Futebol Clube.
Já somos muitos aqui também,
dax um banho istepô, diria o mané!

O homem Marquinhos

Está postado no Blog do Fabiano Linhares:
http://blogdofabianolinhares.blogspot.com/

Fiz a seguinte pergunta -
O que te fez ficar no Avaí ?
Marquinhos - A palavra que já tinha dado ao Zunino e a torcida, e também o sonho de botar o Avaí na série A.
O jogador estava sorridente e aliviado da possibiliade de deixar o clube. Conversou rapidamente com os jornalistas antes de ir para o treinamento. Ele deve falar hoje com a imprensa.


Que declaração de amor hein!
Vejam bem os motivos que o fizeram ficar,
palavra empenhada com o Dr. Zunino, com a torcida e o sonho de nos levar para a Série A.
Não tem nada que valorize mais um homem do que sua palavra e ter sonhos que ele acredita poder realizar.
Se já era ídolo, tornou-se um símbolo vivo de jogador que ama sua camisa,
raridade!
E qual camisa ele veste?
A nossa claro, que privilégio!

Sou Corneteiro


Adorei esse novo blog, promete.
Pena que não pude deixar um comentário é só para membros, fica um pedido
aqui: abre para todos comentarem, tá bom corneteiro?

Vivendo a expectativa


Impossível não perceber toda a expectativa
que vive a nossa torcida,
com relação a esse ano do Avaí no campeonato brasileiro.
Expectativa essa criada pela boa campanha do time
no turno, afinal, ele mostrando
que é capaz de assegurar uma vaga entre os quatro primeiros.
Uma competição de turno e returno requer não
apenas competitividade e talento,
requer união na busca do ideal traçado e claro, sorte.
Já vi de tudo no futebol,
bola mal chutada que entre,
bola bem chutada que sai,
goleiro fazendo milagre,
goleiro tomando "grango",
gol de mão,
gol de barriga,
penalti não marcado e marcando quando não deve ser.
Já vi na ressacada um lindo gol de bicicleta marcado pelo Flávio Roberto,
sendo anulado erroneamente pelo arbítro e ví o gol
de bicicleta do Evando contra o Corinthians que foi uma pintura, esse valeu.
Mas me impressiona e credibilidade que a nossa torcida está depositando
nesse grupo, e me impressiona positivamente,
porque acredito nós que acreditam,
porque sei, que essa fé será e esta sendo passada para o grupo,
que como estamos vendo, não desiste nunca.
Futebol é assim, apaixonante!
Pura emoção!
Vamos torcida avaiana, vamos assim,
apaixonados por nosso time,
mostrando nosso amor à todos os que vestem nossa camisa,
eles nós darão no fim desse longo campeonato,
o beijo da vitória,
com doce sabor em nossas bocas.

segunda-feira, agosto 18, 2008

As viúvas


A notícia da pseudo-saída do Marquinhos do nosso clube,
trouxe a tona aquelas viúvas que de preto, rondam a ressacada,
escondidinhas, torcendo pra tudo dar errado.

Por um lado, foi bom, assim foi possível reconhecer todas
essas senhoras agorentas e dispensáveis.
Nossa cor é azul e como tal, nos cobre em nosso manto,
em nosso céu, e nosso mar, lindo atlântico a nos banhar.

Está no hora de lavarmos nossa alma
e calar de uma vez por todas,
as vozes e o ranger de dentes dessas pobres viúvas.
Sai pra lá urubuzada!


Returno

Galera azul, bola pra frente
porque o nosso foco é o campeonato,
vamos manter a união e a esperança
no grupo e na diretoria.
Sexta vamos iniciar o returno,
tenho dito que a partir de agora
vamos poder vislumbrar com mais
clareza, a capacidade de cada time
que compõe a 'B'.
Quem serão os que permanecerão fortes na
caminhada, quais terão força pra se recuperar de um turno negativo.
Sendo assim,tudo vai ficar mais dificil pra todos,
ninguém vai querer sair do G4,
os que estão próximos vão querer chegar,
e os que estã0 na zona do rebaixamento,
vão fazer de tudo pra sair de lá.
Concentração e pés no chão,
cada jogo é uma decisão,
cada ponto perdido pode significar muito na tabela,
vencer em casa é primordial, sabemos disso.
Pra cima deles leão,
a casa é tua, vamos rugir bem alto!

domingo, agosto 17, 2008

Ele é nosso


OPA, e não é que para tristeza
dos secadores e para felicidade
dos verdadeiros avaianos,
o nosso loirinho é nosso mesmo!
Valeu Marquinhos, obrigada.
Obs: Viúvas do F.F, chorai, chorai!

Exemplo inglês


Li com tristeza no Blog Elite Azul e Branca http://tullocavallazzi.blogspot.com/,
sobre alguns e.mails que
o Rogério recebeu sobre a possível venda do Marquinhos
dos secadores de plantão,
secadores que se dizem avaianos,
secadores viúvas do F.F,
secadores que não vestem a camisa do Clube,
mas sim a das suas torcidas organizadas,
que colocam suas faixas de cabeça para baixo,
que não pagam para entrar no campo,
que não colaboram com o Clube,
que são os primeiros a vaiarem o time
e depedrarem nosso patrimônio,
secadores moleques irresponsáveis.
Olha consigo imaginar como seria esses "homens" dirigindo o Clube,
vocês conseguem?

O primeiro ministro inglês, durante a segunda guerra,
segurou durante os primeiros anos, a peteca sozinho contra toda a loucura nazista,
sozinho, esperou o momento certo para conseguir por ao seu lado outros países,
com força e inteligência ele lutou e venceu!
A Inglaterra não foi tomada pelo inimigo.
Imagina se ele tivesse tão somente colocado a bandeira inglesa de
cabeça para baixo,
se ele tivesse tão somente vaiado os nazista,
se ele tivesse tão somente criticado o governo nazista,
imagina se ele tivesse tão somente escrito contra os seus oponentes.
O que teria sobrado da Inglaterra?
Unir, lutar, permanecer juntos, bandeira tremulando no lugar mais alto,
assim se faz vencedores, assim se entra para a História,
lutando não por um nome qualquer,
mas sim, lutando por toda uma nação,
e ele sabia disso,
não desistiu jamais.
Seu nome está na História do mundo,
mas quem venceu não foi ele, foi a Inglaterra e
todos os aliados.
Wilson Churchill ( Primeiro Ministro Inglês ), falando a uma turma de formandos em medicina, disse: "Jamais, jamais, jamais desistam "

Siri vai ficar???

Opa, tem um ventinho sobrando no sul
e ele está me dizendo que siri que é siri
nunca vira peixe.
Nossa Senhora da Ressacada!
Vamos conseguir ficar com o nosso Loiro Azul?
Com o nosso Leão em campo?
Com o nosso jogador torcedor?
Olha se precisar fazer uma rifa, um bingo, uma quermerse conta comigo,
tô topando qualquer parada pra levar um dindin pro loiro ficar,
mas pelo que estou percebendo,
não precisamos mais disso,
temos gente capacitada e qualificada
para continuar na briga pelo nosso Marquinhos,
tô aqui na torcida,
Fica loirinho, fica !!!!!

sábado, agosto 16, 2008

Siri vira peixe


Nossas trincheiras estão sendo invadidas,
não em campo, fora dele.
A notícia da saida do Marquinhos só pode nos preocupar e entristecer.
O loiro azul, o nosso torcedor jogador, ou jogador torcedor, está deixando
a ressacada, de "comedor de sirí " como todo bom manezinho, vai virar comedor de peixe e pelo jeito vai comer peixe caro.
Recebeu uma proposta "irrecusável" do Santos e claro, como profissional
vai aceitar e o torcedor Marquinhos, vai virar um de nós, simplemente vai
torcer pelo Avaí.
Lástimo hoje, muito mesmo.
Lástimar amanhã é que tornou-se a minha preocupação maior,
perder esse meia que distribui o jogo, dá passes que se transformam em gols, faz gols, cobra faltas, escanteios, volta pra ajudar na defesa e sai de campo sujo, suado, cansado; é
perda irreparável para nosso time.
Agora, aqui estamos todos nós, sem poder fazer nada, sem ter como
impedir que Ele, o nosso Azul Marquinhos , saia.
Nossa Senhora da Ressacada, olhai por nós, amém!

sexta-feira, agosto 15, 2008

Uma história particular

No jogo contra o Corinthians na ressacada, recebi dois meninos torcedores do Corinthians, meninos que eu não conhecia, mas como torcedora avaiana, sou como todos nós, respeito os adversários e os recebo bem em nossa casa, eles ficaram vendo o jogo comigo no camarote da empresa do meu irmão.
E hoje me enviaram esse comentário:

Rafael e Felipe disse...
Kátia,Somos os paulistas que estiveram no teu camarote no jogo de terça-feira. Queremos te parabenizar pelo blog, oxalá houvesse um do Corinthians assim e, principalmente, agradecer por nos receber na Ressacada. Apesar de termos mantido o silêncio, até em forma de respeito com a massa azul, foi excelente. O post sobre o jogo está muito bacana também. Raça traduz bem os dois times, de fato.Tenho certeza que voltaremos ano que vem, na série A, já que ambos os times subirão. Você está convidada a assistir o jogo de volta em SP também.obrigado por tudo.um abraço.
15 de Agosto de 2008 17:22


Meu pai foi jogador e me ensinou a respeitar todos os adversários e aprendi com ele o obvio, que num jogo de futebol podemos vencer, empatar ou perder, e que nenhum desses resultados, nos faz mudar a camisa, trocamos tudo, menos de time.
Por isso, fiquei feliz em poder receber esses jovens em nossa casa azul, meu pai foi goleiro do Avaí mas tinha uma paixão incrível pelo Corinthians, tanto que quando o Corinthians caiu para a Série B, em postei em meu blog, em homenagem a todos os corinthianos o seguinte, reproduzo:


Terça-feira, 4 de Dezembro de 2007

Quedas

A primeira: adão e eva expulsos do Paraíso,
mais algumas: império romano, adeus césares
bastilha: a guilhotina corta as cabeças coroadas
império russo: lenin e stalin matam muitos
nazismo: para nunca esquecer do que somos capazes
muro de berlim: não sobrou pedra sobre pedra
torres gêmeas: pó na big apple
Corinthians pra 'B': estrondo ouvido em todo país, mais de 30 milhões de rostos molhados, encharcados, o povo abandonado por seus cartolas desalmados, 12 guerreiros desarmados, expectadores enquadrados pela vingança, a queda do César nacional, o corte da guilhotina nos pescoços dos normais, inesquecível capacidade de poucos em se derrotar pela corrupção, pedras não sobraram, então, ninguém as pode jogar no gramado, a grande torre cai como a maça de newton, que gravidade ! Dor que terá cada dia contado, trezentos e sessenta e cinco.Expulsos do paraíso adãos e evas morrem por ti Corinthians !
com carinho para meu Pai e Juca Kfoury
Postado por Kátia De Paula às 7:35:00 AM

Um abraço corinthianos, no returno estarei aí, e estaremos comemorando a ascensão do Avaí e do Corinthians, paz no futebol!!

Emerson, o craque avaiano.


EMERSON, EU TE AMOOOO!!!!!!!!

AVAEEEEEEEEEEEEEEE!!!!!!

Num jogo onde estavamos muito desfalcados,

num jogo onde tomamos uma virada em dois minutos,

num jogo na casa do adversário,

que ficou na frente do placar duas vezes,

num jogo aberto, franco, com pura raça

e determinação, conseguimos o empate,

com a cabeçada desse craque,

eu tenho dito,

o craque do time,

Emerson,

num lindo cruzamento do azul, azulzinho loiro Marquinhos.

Valeu Avaí, valeu todos que correm até o final,

valeu por aqueles que estavam sem condições físicas e lutaram até o fim.

Que empate maísculo,

que time corajoso e raçudo,

que zagueiro artilheiro nós temos,

estou super feliz!!!

Feliz !!!!!!

Avaeeeeeeeeeeeeee !!!!!!!!!!!!!!!

As vezes recebo algumas gozações dos brocolenses,
porque nossa torcida grita "Avaeeeeeeee",
os abobados me dizem:
"Avaeeeeeeeeeeee, que time é esse, vocês não sabem nem gritar o nome do time corretamente?"
Como meu pai me ensinou a não levar desaforo pra casa, eu respondo:
'Figueira'? que time é esse, não conheço! e as cores preta, branca e verde, também não conheço essa camisa.
No estreito é tudo falso, até vaga na 'B', alguém viu essa conquista em campo?

Sales Júnior e Tía Otília


Muito se tem escrito e falado sobre a narração do Sales Júnior,
do gol de bicicleta do Evando.

Eu tenho uma Tía, e que Tía, que tem 85 anos,
que escuta os jogos do nosso Avaí pelo rádio.

Bem, ela é daquelas que liga e desliga o rádio durante o jogo,
e fica em seu quarto lendo a Bíblia, como católica mas saibam que não só de orações,
mas em ações também.
Nessa noite, como de costume, ela ouvia o jogo e torcia muito, pois não estava
conformada com a derrota, como nenhum de nós.
Me contou então, que desligou um pouco o rádio e foi ler,
voltou a ligar o aparelho e ouviu maravilhada,
a narração histórica do gol de bicicleta,
e se arrepiou, segundo suas próprias palavras - " achei uma gracinha ele ter dito "Nossa Senhora da Ressacada".
Ora, uma senhora avaiana, se apaixonou pela narração do Sales Júnior e foi dormir com os anjos,
dizer mais o que?

Grande conquista


O Antony em seu blog, lembrou da nossa conquista
em 1998, onde ascendemos para Série C
em campo, uma conquista memóravel,
que nós enche de orgulho.

Nosso último jogo foi com o São Caetano,
e o goleiro César Silva levantou o trófeu,
que colocou a estrela dourada em nosso peito.

É assim nossa história,
com conquistas dentro dos gramados,
sofrimentos, paixão e glória.
Nossos títulos são legais,
e nos credenciam para ser o que somos,
um Clube sem máculas,
sem favorecimentos,
onde o que determina Títulos,
são os jogos vencidos.

Janela para nós, avaianos, só as das nossas casas.
Tenho escrito aqui:

1988 - grande time , campeão Catarinense

1998 - na raça, campeão Brasileiro

2008 - porque não acreditar, um grande time com raça.

8 - Oito o número do infinito, da perfeição, e particularmente,
de grandes conquista para o Leão.
"Se pudermos chegar ao Paraíso pelo método mais espinhoso, com uma escala em Marte e outra no Purgatório, por que optar pelas coisas simples e insípidas, destituídas de sofrimento e emoção?" (Sérgio da Costa Ramos)

Última do Turno

Hoje termina o turno,
estaremos encerrando essa primeira fase em São Caetano,
confiantes em uma boa apresentação do nosso Avaí.
Sabemos que pontuar fora é o "caminho dos pedrinhas", pois estamos nos comportando muito
bem em casa, no nossos domínios, na nossa Ressacada.
Nossa Senhora, o que podemos desejar além de repetir
o turno no returno?
Bom, tem aquele outro sonho com estrela,
mas esse é sonho da paixão, da louca esperança de torcedor,
mas quem dúvida?
Esse Avaí "fax coza!"
Um bom final de turno e um excelente returno,
é isso que desejamos e para que isso aconteça, estaremos
juntos , perto, torcendo pelo Avaí.
Prá cima deles, Leão!!

quinta-feira, agosto 14, 2008

"Que Liiindoo!"



Acabei de ouvir pela CBN a vitória do Fogão em cima do Atlético Mineiro,
na Copa Sul Americana,
narrado pelo Evaldo José, "que lindoooooo!",
tenho a certeza que no ano que vem,
ouvirei esse excelente narrador,
narrar um gol do Avaí.


Tô esperando por isso,
porque sou apaixonada pela narração desse locutor;
singular narração da obra maior de um jogo de futebol,
o Gol.
Quando a bola entra e ele diz, "que lindooooo!",
resume a arte maior do jogo, a paixão louca de todo torcedor.
Realmente um gol é lindo,
imagina esse gol sendo do nosso Avaí,
"que lindooooo!"

Recebi resposta do competente Evaldo José, segue abaixo:

Puxa vida, que lindo... fiquei comovido com a homenagem. Força para o Avaí que estou esperando para narrar gols dele na primeirona.Obrigado pelo carinho e pela audiência.
Bjs Evaldo

Deixa chover


Estão chovendo gozações,
vocês sabem de quem, aqueles olhudos brocolenses,
todos dizendo que esse ano vai dar em nada, novamente,
tão até com ciúmes da "Nossa Senhora da Ressacada".

Isso não vai acontecer,
a história desse ano é história nova,
é período neoavaiano,
é tempo de retomar nosso histórico de vencedores,
de time que já nasceu campeão.
Quem não passou por momentos de crise que atire a primeira pedra, não irá nos atingir,
não conhecemos só o 'hoje' dos nossos mas dos deles também,
conhecemos a história dos dois,
vencemos sempre em campo,
perdemos muitas vezes fora dele
e eles ...

Cabeça erguida avaianos,
porque nossa história se fez limpa
e o período, a Nova Era se transforma em azul,
essa chama não vai apagar,
pode chover gozações, críticas, e descriminações,
"deixar chover,
deixa a chuva molhar,
dentro do peito tem um fogo ardendo,
que nunca, nunca vai apagar!"

Ozéias, sem beijo da vitória


Ozéias se foi.


Oh, Zeus! ainda bem que temos

Cássio, Rafael, Fabricio.


Cássio é caçador,

Rafael é anjo,

Fabrício tem bríos, é isso.

Não vai faltar guerreiro para entrar

na linha de defesa e continuar protegendo nosso esquadrão azul.


Quem sai antes de terminar a guerra,

não terá os louros da conquista,

e nem reberá o beijos da vitória.






Jogando ao estilo Marilyn Monroe


A ilha está em festa, bela mulher feliz.

Bem, o continente anda ressabiado,

de olho gordo pra cima de nós,

afinal, estamos mostrando à eles o nosso melhor,

como aquela linda mulher que despe o necessário,

e aguça o olhar do amado.

Estamos assim, nós mostrando aos poucos,

deixando que nos vejam e perguntem:

o que mais tens para nos mostrar?

O amante vê e ama, mas o não escolhido,

o que não pode tocar, nem cheirar, o que não tem o amor

da mulher semi-despida,

quer que ela se cubra,

ou se dispa inteira de uma só vez.

Então, passa a olhá-la de longe,

quer e deseja tê-la, mas não pode e percebe isso.

Passa assim, a secar a amada do outro,

a criar falsos argumentos, fofocas mesmo.

Pobre do que só pode olhar,

nem imagina, que essa mulher é fiel ao amado,

essa mulher tem sangue azul e alma branca,

essa mulher vai continuar se mostrando aos pouquinhos,

e só entregará sua beleza, seu corpo nú, no momento certo e para o seu amor.

quarta-feira, agosto 13, 2008

O maestro entrou em campo, o nosso particular "Sobrenatural de Almeida Cavallazzi"


Eu desconfiei, que naquele golaço,
havia a mãozinha de um "sobrenatural de almeida".
E não é que recebi uma mensagem me confirmando.
O nosso eterno maestro, foi ele quem entrou no campo em espírito azul
e guiou a bicicleta do Evando.
Poxa vida, Tullo Cavallazzi de Almeida, agora temos o nosso,
um sobrenatural de Almeida só pra nós,
afinal nós estavamos merecendo,
não é de hoje.
Por um momento, durante o jogo, parei de olhar e numa quase prece,
resmunguei silenciosamente:
Poxa Matagato e Tullo, dá uma força aqui pra nós.
Confesso que como estavamos precisando mesmo era de um gol,
achei que não era o momento do Matagato atuar, afinal, ele era goleiro,
mas era hora para o Tullo.
Abri os olhos e voltei a ver o jogo,
o tempo voava aqui em baixo pra nos avaianos, simples mortais,
mas lá em cima, no olímpo dos craques, não existe 'o tempo'
e então,
aos 38 minutos do segundo tempo para nós mortais,
molhados, roucos de tanto incentivar, mãos geladas pelo nervoso,
e então ...
a bicicleta foi posta nos pés do Evando,
o escolhido, o predestinado Evando Avaiano Sobrenatural de Almeida,
agora temos o nosso.
Tullo fazia gol de bicicleta um anjo me contou.
Fechei os olhos e sorri!


Segue abaixo, o que o anjo me escreveu sobre o gol de ontem:

Katia, o GOOOL do Evando, de bicicleta, era o seu TULLO que estava dirigindo aquela bicicleta. Não estas acreditando! Pega os jornais antigos é vê, quem fez o Gol do “calipeiro” no Adolfo Konder. De bicicleta!

De bicicleta na chuva


O que dizer sobre o jogo de ontem,
quem esteve lá, viu um grande jogo,
um Avaí com raça e determinação,
um Corinthians bem postado em campo,
com uma excelente marcação, e usando o contra-ataque.
Foi de arrepidar a nossa torcida,
nunca mais esqueceremos esse jogo,
pela qualidade técnica da partida,
e o show dos torcedores,
embaixo de muita chuva e vento,
emburraram o Leão.
Num chute a gol, eles abriram o placar,
o tempo começou a passar rápido demais,
o nosso time em cima deles,
atacando feroz o recuado Corinthians,
de repente, entra em campo
Evando Sobrenatural de Almeida,
e num lance de pura magia,
faz a bola, que teimava em não entrar,
balançar a rede da forma mais bela possível,
numa bicicleta certeira, empatados um jogo
que teve a nossa cara, e a cara do nosso adversário,
raça, raça, raça.
Bicicleta que transpos mas um obstáculo,
um pulo no vazio, uma lance belíssimo,
um gol da raça e da técnica avaiana,
como num conto de Kiergengaard, onde um penhasco só foi
transposto por um salto de uma donzela.
Donzelas somos todas nós, avaianas presente no jogo, acreditando até o fim, dando nossos "gritinhos" agudos, empurrando nossos guerreiros, que farão um salto maior, sem salto alto.
Grande jogo, lindas torcidas, belo gol,
inesquecível!

(Agora, cá entre nós, bicicleta na grama molhada, escorregadia,
zagueiros bufando no cangote, torcida nervosa,
deveria valer por dois gols,
não é não????)

terça-feira, agosto 12, 2008

Sempre azul, Ilha!


A ilha anda nos desafiando,
amanhece cinza, pra chuva, meio apagada.
O que será que ela espera de nós, seus amantes enraizados na terrinha?
Doce mulher sensível, na maioria das vezes se veste inteira de azul, do céu ao mar,
em outras, se despe do manto que a cobre, e escurece as águas que banham seus pés.
Nos dias que se fez clara pra todos nós, algumas vezes esquecemos de presentea-la
com vitória, e ela nunca reclamou, apenas calou-se tristemente;
no último jogo, choveu sobre nós, reagimos e vencemos;
hoje cinza outra vez, está a esperar nossa reação, está esperando que caminhemos ao
encontro dela, e nós, todos juntos, transformemos em azul seu cinza.
Vamos avaianos de coração e alma azul,
vamos responder com a bravura dos amantes o desafio da amada,
ela espera por nós,
ela quer que seu manto e seus pés, sejam coloridos por nós.
Ela abriu mão de si mesma, e espera que seu amante, se transforme nela,
e seja ele, A Ilha azul.
Vamos, Vamos Avaí!!!

segunda-feira, agosto 11, 2008

Concentração total


Hoje é dia de começar nossa concentração,
nossos guerreiros já estão focados para a batalha de terça,
então, vamos desde já, junto com eles,
pensar positivo, para que o universo "conspire" a nosso favor.

Acreditar, não só na vitória;
acreditar que é possível ser melhor,
já vimos em campo, tantos outros, conquistarem com bravura
e glória títulos,
lembrar para poder crescer,
não esquecer das lutas perdidas,
para arrancar delas, a vitória madura de quem conhece derrotas.
Nós torcedores, conhecemos nossa história nas aquibancadas,
então, avante, de pé, braços abertos, para um abraço azul,
rumo a mais uma batalha,
mas não esqueçam , a guerra tem dia para terminar
e não é amanhã.

domingo, agosto 10, 2008

NOSSA TÁVOLA REDONDA, NOSSO TIME!


Quando se consegue unir homens corretos;
quando esses homens buscam o mesmo objetivo;
quando seus passos são na mesma direção;
quando esse homens conhecem os que estão ao seu lado e
os que os aconselham e os orientam na busca de um ideal;
quando seus laços familiares e de amizade não são de cumplicidade mas, de amor;
quando os que vestem a mesma camisa desse homens, torcendo, acreditam e incentivam;
quando o instrumento de trabalho, desse homens, não virá disputa entre eles, mas sim,
pura arte em seus pés, em passes que buscam o companheiro;
quando a cor que os veste, é azul;
quando a adversidade é vencida em equipe;
quando o lugar que os viu nascer ou, os acolhe como mãe, tem beleza rara de ilha tropical;
quando esses homens saem para "batalhas" fora da ilha e sentem saudades do lugar;
quando esses homens em momento divino, o gol, voltam a ser crianças;
quando eu, mulher, me apaixono por todos;
quando tudo isso pode dar errado?
Nunca, pois vencer é elevar a alma, eletrizar, é comunicar virtudes aos que os adoram,
e como esse homens, eu sei, querem ser adorados todos os dias pois querem ser grandes, eu os engrandeço!
Se é verdade que as paixões cegam e que o seu efeito sobra sobre nossos olhos uma nuvem destinada a disfarçar os perigos que nos rodeiam, o amor liberta, e eles, esse homens, já nós amam assim como os amamos, e amar é se tornar digno de usar uma coroa: o heroismo, os talentos, a humanidade, a grandeza da alma, eis os titulos a serem jogados pelo amante aos pés de sua amada.

sábado, agosto 09, 2008

Sete itens, afinal, 7 tem sido um bom número

Primeiro sobre o jogo contra o Bragantino,
gostaria de falar sobre a nossa torcida,
que compareceu e apoio o time, transformando o cinza da tarde
num azul vencedor;
Segundo, a superação do time do Avaí, que mesmo tomando um gol, conseguiu superar a boa linha de defesa que montou o Bragantino, time bem postado e com um lateral excelente;
Terceiro,comentar a linda jogada do Odair, que num lance individual e de pura arte futebolística, fez a jogado do gol do Rafael Costa, jogou bem hoje o Odair;
Quarto, o Exelentíssimo bandeirinha das sociais, anulou um gol lindo e legal, do nosso bom lateral Ferdinando, oh bandeira! vai catar coquinho seu dormente incompetente;
Quinto, dizer que profetizei o gol do Emerson, tinha falado uns minutos antes, que estava com esperança de ver o Emerson voltar a marcar no jogo de hoje, e aí...pimba, cabeçada mortal do nosso perfeito, sim perfeito zagueiro, como joga na zaga esse cara e ainda faz gol, esse é craque;
Sexto, comemorar a volta do nosso Evando, que como bom avaiano, reestreio no time marcando um gol de pura técnica;
Sétimo, bem o placar do Jogo?
3 x 1, vocês já sabiam né!
Pra cima deles Leão.

A TERRA É AZUL


O sábado amanheceu chuvoso,

mas é um sábado especial,

todos os sábados com jogos do Leão são especiais.

Só tem um jeito pra deixar esse sábado mais colorido,

é lotar a ressacada e transformar o cinza em azul.

Sabe quem pode fazer isso?

Somente NÓS, torcedores azuis apaixonados,

vamos então colorir de azul o sul da ilha.

Sábado cinza? Onde?

Quem for ao sul da ilha, vai ver que este dia é azulzinho, azulzinho.

A magia do futebol, a paixão dos torcedores, a camisa do time,

a nossa camisa, as nossas bandeiras, as nossas faixas das organizadas, TUDO AZUL.

A nossa cor é azul, a terra é azul, sempre!

Ozéias

Será que hoje
é o último jogo do Ozéias no Avaí?
Bem, se ele estiver sendo vendido para Portugal,
temos o nosso excelente zagueiro Cássio,
meu preferido.
Galera, vejo vocês na Ressacada,
né istepôs !!!!

sexta-feira, agosto 08, 2008

Vai pra cima deles, Leão!


Amanhã a ressacada tem que estar lotada

é sábado, o horário do jogo é bom

o time está no G4,

basta a nossa torcida comparecer e

empurrar o leão pra cima do Bragantino,

fazer a fera rosnar alto,

enquanto cantamos nosso hino, incomparável hino,

que com certeza só engrandece a nós todos,

manezinhos nascidos ou não na ilha,

mas que amam esse pedacinho de terra,

e sabem, que o azul, é nossa cor dominante,

por isso, vamos dominar,

vamos lotar o nosso lindo estádio,

que fica na "ilha formosa, cheia de graça"

onde mora "o time da raça, Avaí meu Avaí" !

outdoors na ilha tem que ser assim:


Você está entrando na ilha de Santa Catarina:
aqui tudo é azul: CÉU, MAR e o AVAÍ.

Meu orkut



Amigos avaianos, agora tenho orkut, se quiserem conhecer meu espaço, fica o convite e só me adicionar.

Se não conseguirem entrar pelo link acima, procurem por Kátia De Paula.


Pra cima deles Leão.

Sábado, tem jogão, tem povão na ressacada,

tem leão em campo,

tem coração batendo mais forte,

força e raça,

destino: série A

quinta-feira, agosto 07, 2008

FOGOOOOOO !


"MEU CORAÇÃO AMANHECEU PEGANDO FOGO,

FOGO"

O CONTINENTE PRECISA DOS BOMBEIROS!!!

Louco Amante


Dois jogos na ressacada,e um fora, termina o turno,
a nossa campanha vem sendo regular,
faz algumas rodadas que estamos sempre entre os quatro primeiros e sendo assim,
a cada dia cresce nossa esperança.
Manter o foco no G4, manter os pés no chão,
manter o elenco, manter a esperança e a força,
são os ingredientes para fazermos um returno igual ao turno.
Agora é chegada a hora de ver quem tem bala na agulha,
quem tem folego de campeão.
Quem acredita, como eu, que o nosso time tem chances reais de subir esse ano,
não pode e não deve, perder nenhum jogo na ressacada,
e a dica pra todos nós é, um passo de cada vez,
assim vamos subindo degrau por degrau,
dessa longa escada que é o campeonato brasileiro.

Sei que já chegamos bem perto,
sei que já nos frustramos em outros anos, mas sei também,
que torcer e não desistir nunca,
é ir além da esperança, a caixa de Pandora,
é superar dores e tristezas,
é ser um louco amante e esperar sempre o melhor do ser amado.
Avaí, 1988, 1998, 2008.

quarta-feira, agosto 06, 2008

Jeff, gosto de te ver em campo


Nosso elenco está com bons jogadores,

Marquinhos, Valber, Emerson, Cássio, Batista são alguns deles.

Mas tem um que eu adoro, tenho a maior simpatia,

desde o primeiro jogo dele com a camisa do Avaí.

Jeff Silva

Adoro ver o guri em campo,

pé quente o nosso ala (tem que prestar atenção nos "sinais")

e acima de tudo,

veste a camisa do time.

Não poderia deixar de escrever sobre ele,

não o conheço, mas tenho o maior carinho

e simpatia por esse jogador.

Boa sorte na vida, Jeff !!!!

Avaí X Bragantino

Sábado temos um jogo muito importante,
vamos esquecer o próximo por favor!
Vencer o Bragantino é crucial,
e deve ser encarada com muita seriedade essa partida.
Os 3 pontos nos darão a certeza de permanecer no G4,
independente do resultado do jogo seguinte, contra o Corinthians.
Um degrau de cada vez, pontos corridos é assim,
muitos jogos, muitas combinações de resultados,
então, pés no chão e concentração total,
o jogo de sábado até lá, é o mais importante,
não vamos esquecer disso,
nós torcedores e nosso time.
Nosso adversário é o Bragantino.

terça-feira, agosto 05, 2008

Vice liderança

Opa, gol espírita do Rafael Costa pooode!
Valeu meninos, suaram a camisa,
correram até o fim,
claro que o Odair perdeu uns golzinhos mas, lutou até o final,
o Marquinhos, bem o Marquinhos acertou a cabeça do Rafael,
que por sua vez, acertou o GOOOOOOOOOOLLL, delícia de gol.
Rafael, mandei tu comer amendoim, poxa vida tu comeu mesmo,
porque precisou de um pescoço bem fortinho pra desviar a bola pro gol,
eu te amo e viva o amendoim.
João tu tinha razão, viva o Rafael,
e viva a nossa vice-liderança.
E o Martini (seco) que defesa, benza Deus!!!
1988, 1998, 2008
Vamos acreditar!!!

Bola Murcha

Publicar notícias antes de ouvir a parte que está sendo criticada
é puro amadorismo,
é não ter noção da ética do jornalismo,
é ser tendencioso e mal intencionado.
Isso sim é ser bola murcha,
né Polidoro Jr.?

Entre no site oficial do Avaí e veja porque esse cara é bola murchinha da silva.
http://www.avai.com.br

Nosso ano, vamos acreditar!

Brasília hoje!
Estive lá uma vez,
gostei!
Revi uma grande amiga,
que mora num sítio super gostoso,
conheci a cidade,
e os bares, muito bom mesmo!
Brasília hoje,
jogo do Leão,
jogo que podemos vencer,
e ficar bem na tabela.
Sabemos que pra subir temos que ganhar fora,
não dá pra deixar passar jogos com times
que não estão bem na tabela,
sei que todo jogo é dificil,
mas com o time que temos,
é jogar pra cima,
é jogar acreditando que somos melhores,
que é a nossa hora de sermos vencedores,
que é o nosso ano,
que ele será todo bom.
Chegou a nossa vez,
1988 - 1998 - 2008
Vamu, Vamu, Avaí !!!!

segunda-feira, agosto 04, 2008

Jogos Olímpicos


Essa semana acontecerá a abertura dos Jogos Olímpicos na China.

Não aprovo a realização desses jogos nesse País, um País que invade e mantém sobre seus domínios o Tibet, lugar pacífico e pacifista; um país que oprime seu povo e até quando vai chover, é decidido por decreto de seu governo.

Tirar a liberdade do povo tibetano, invadindo seu país, exilar seu lider político e espiritual, o Dalai Lama, é imperdoável e em nada combina com o espírito Olímpico, que é o respeito a todos os povos, o respeito a cultura e a liberdade.

Aqui no meu blog não vou postar nenhuma notícias sobre essas Olimpiadas, adoro esporte e esporte significa respeito as diferenças, competição sadia, liberdade e beleza.

Olhem o simbolo dos jogos Olímpicos, os cinco arcos unidos, já diz tudo, nos ensina tudo.

Nada disso tem a ver com um país que mantem sob julgo outro país, e mantém refém em seu próprio solo, o povo tibetano.

Nada contra o povo Chinês, sou contra o governo Chinês e todos os paises que não fazem nada para ajudar a libertação do Tibet.
Acho que os paises livres, deverião ter boicotado essas Olimpíadas.


Um pouquinho da história da invasão Chinesa no Tibet:

O Tibet, tendo sido invadido pela China, permanece sob ocupação chinesa há mais de 40 anos. O líder político e espiritual do Tibet, o Dalai Lama, foi exilado de seu país, mas continua lutando – de forma puramente pacífica – para libertar sua nação do domínio chinês. A China ocupa o Tibet há 50 anos. Uma das conseqüências dessa ocupação chinesa é a existência de mais de cem mil refugiados tibetanos pelo mundo. Até hoje, as Nações Unidas nunca expressaram algum protesto significativo contra a ocupação do Tibet. Desde 1951, os tibetanos têm tentado se rebelar contra a ocupação chinesa, mas seus esforços não foram bem sucedidos. A China alega soberania histórica sobre o Tibet, ameaçando assim a cultura e religião dos tibetanos, o povo tibetano faz grandes sacrifícios para preservar sua cultura e religião.

Temendo por sua própria segurança, o Dalai Lama deixou Lhasa em 17 de março de 1959. Atualmente, a sede do Dalai Lama se localiza na Índia. O Dalai Lama viaja pelo mundo para tentar obter apoio internacional à independência de seu país.

domingo, agosto 03, 2008

Rafael Costa


Achei uma posição para o Rafael Costa:

Silas, dá um saquinho de amendoim pra ele, e manda o cara assitir ao jogo das cadeiras, comendo um amendoinzinho,
que tal?